Banif pretende vender parte do capital a parceiro internacional em 2002

Citamos

Negócios

O Banif tenciona alienar entre 10% a 15% do seu capital a um parceiro internacional em 2002, como forma de garantir a expansão internacional da instituição liderada por Horácio Roque (na foto), revelou hoje o «Diário de Notícias».

O Banif tenciona alienar entre 10% a 15% do seu capital a um parceiro internacional em 2002, como forma de garantir a expansão internacional da instituição liderada por Horácio Roque (na foto), revelou hoje o «Diário de Notícias» em entrevista àquele banqueiro.Apesar do parceiro ainda não estar escolhido, Horácio Roque avança que a instituição financeira deverá ter interesse no mercado português e que permita ao Grupo Banif entrar noutros mercados.

«A nível internacional gostaríamos de ter alguém com interesse no mercado português, mas que também nos abra as portas ao estrangeiro», afirmou Roque.

Entre outros objectivos, o Banif pretende duplicar a sua actual quota no mercado nacional para os 5% dentro de quatro anos, revela o responsável na mesma entrevista.

As acções do Banif encerraram na sexta-feira nos 6,52 euros (1.307 escudos), a perder 3,12%.