Banif: PSD questiona Governo sobre venda de seguradora Açoreana

Citamos

Correio da Manhã

PSD pergunta qual o destino dos trabalhadores da seguradora.

O grupo parlamentar do PSD formulou esta quarta-feira duas perguntas ao Ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social sobre o processo de venda da companhia de seguros Açoreana, originalmente do grupo Banif, e destino dos seus trabalhadores. Os deputados social-democratas perguntam ao ministro Vieira da Silva se o executivo socialista está a acompanhar a alienação daquela empresa e se há algum “plano de contingência para evitar ou mitigar” a hipótese de fim dos “cerca de 700 postos de trabalho” em causa. Segundo os parlamentares do PSD, “no caso do processo ser concluído com o concorrente Apollo”, pode acontecer a descontinuidade da Açoreana e dos seus funcionários, ao contrário das “garantias que foram dadas ao conjunto de trabalhadores do ex-Banif, agora recolocados no Santander-Totta e na Oitante. O texto da bancada parlamentar “laranja” refere-se à venda daquela seguradora “na parte correspondente ao Fundo de Resolução” do Banif, “através do veículo ‘Oitante’, que corresponde a cerca de 48% do capital”, ressalvando que o processo de alienação ainda decorre, envolvendo outros dois concorrentes da empresa gestora de fundos Apollo: Caravela e Allianz.