Presidente do Governo dos Açores espera solução também para lesados do Banif

Citamos

Negócios

O presidente do Governo Regional dos Açores afirma que a solução encontrada para os lesados do BES é motivo de “satisfação”, mas alertou que “também se espera naturalmente uma solução para os lesados do Banif”.

“Naturalmente que o facto de se ter alcançado uma solução para os lesados do BES é motivo de satisfação e de congratulação. Se nós ouvirmos tudo aquilo que foi dito ontem (segunda-feira), também esperamos naturalmente uma solução para os lesados do Banif quando decorre exactamente um ano sobre a resolução desse banco”, sustentou Vasco Cordeiro, numa reacção à resolução do problema dos lesados do papel comercial do BES.

O Governo da República apresentou na segunda-feira o mecanismo que permitirá minorar as perdas dos cerca de 4.000 clientes do BES que compraram papel comercial do GES, que foi à falência, e cujo reembolso nunca receberam.

 “Nós sabemos que há trabalho que, ao nível do Governo da República, também está a ser feito sobre esta matéria. Todos os argumentos que foram apresentados ontem (segunda-feira) são argumentos que no fundo se aplicam, e por maioria de razão, ainda mais, à situação dos lesados do Banif”, considerou ainda o chefe do executivo açoriano.

Na apresentação da solução para atenuar as perdas dos lesados do papel comercial do Grupo Espírito Santo (GES), o primeiro-ministro, António Costa, afirmou que consiste num “compromisso equilibrado” que permite reforçar a confiança no sistema financeiro português.