Archive for the ‘Banif SGPS’ Category

#1,990 Banif SGPS

Quarta-feira, Maio 11th, 2011

Citamos

Forbes

 

#1,990 Banif SGPS

  • Market Cap As of May 2011
  • $617 Million
Industry
Regional Banks
Country
Portugal
Website
www.banif.pt
Employees
5,086
Sales
$1.51 B 
Banif SGPS SA is a Portugal-based holding company active in the financial sector. It operates in both the domestic and international markets. In the domestic market, the Company offers services in real estate, commercial and investment banking, insurance and specialized credit. On the international scene, it offers commercial and investment banking. As of December 21, 2009, its products and services are provided through a structure based on a central holding company which divides its different business interest between a number of sub-holdings such as Banif Comercial SGPS SA, Banif Investimentos SGPS SA, Rentipar Seguros SGPS SA, as well as Tecnicredito SGPS SA. Banif SGPS SA owns 60 companies in 17 different countries such as Portugal, Brazil, and the United States, among others.

Fortuna de Horácio Roque cresce 180 milhões este ano

Quarta-feira, Outubro 19th, 2005

Citamos

Magnólia Pura

O empresário detém uma participação de 67% na ‘holding’ que gere os vários negócios do grupo. A participação accionista de Horácio Roque na ‘holding’ Banif-SGPS registou ao longo do corrente ano uma valorização superior a 180 milhões de euros. O empresário detém 67% daquela ‘holding’ que gere, actualmente, os vários negócios do grupo, como a banca de retalho e de investimento e os seguros. A capitalização bolsista aumentou praticamente para o dobro em 2005, atingindo os 544 milhões e avaliando a posição do empresário em 365 milhões.Por outro lado, a fortuna de Álvaro Costa Leite, que detém uma posição directa e indirecta superior a 74% no Finibanco, cresceu no mesmo período 56 milhões de euros. O valor de mercado desta instituição aumentou ao longo de 2005 cerca de 65% para quase 200 milhões e a participação de Costa Leite atingiu 144 milhões.Apesar destes fortes aumentos os dois bancos continuam a ser o mais pequenos do sector, face aos outros três – BCP, BES e BPI – admitidos à cotação na Euronext Lisboa.O forte incremento do valor das acções da Banif-SGPS ficou a dever-se, em grande parte, a uma análise favorável por parte do banco de investimento internacional UBS. Uns dias depois de conhecido o ‘research’ as acções da instituição atingiram o valor mais alto de sempre, tocando nos 16,75 euros a 10 de Outubro. Entretanto, a Banif-SGPS já está a negociar abaixo dos 14 euros e ontem terminou o dia a valer 13,59 euros.Em 2005, os títulos da Banif-SGPS acumulam ganhos de quase 100%, pois no final de 2004 estavam a negociar nos 6,85 euros.Entre a divulgação da análise da UBS (5 de Outubro) e ontem, as acções ganharam 25%.O ‘research’ da UBS realçava o facto do banco liderado por Horácio Roque – o sétimo do sistema financeiro nacional – estar posicionado de forma estratégica para continuar a crescer. O maior crescimento da economia nas ilhas (6% em 2004) e o facto do banco poder utilizar a sua rede de balcões no continente deverá permitir que a instituição supere o resto do sector em termos de crédito concedido. A taxa de crescimento composta média entre 2004 e 2007 deverá atingir os 14,6% para aquela rubrica, diz a nota de análise do banco suíço.O Banif detém 50% da quota de mercado nas ilhas portuguesas (Madeira e Açores) e apenas 3% do mercado como um todo.Os especialistas também apontam como pontos positivos o crescimento sustentado da rentabilidade dos capitais próprios (ROE), que melhorou fortemente ao passar de 8% em 2002 para 17,9% no primeiro semestre de 2005. Em termos médios, a UBS espera que este rácio se situe nos 16% entre 2005 e 2007, em linha com o que é praticado pelo sector. O forte desconto da acção face à banca europeia também conta como ponto positivo.A UBS diz que o lucro por acção pode crescer 30% nos próximos dois anos. O mesmo documento atribui um preço-alvo de 18,4 euros a cada acção do Banif-SGPS e uma recomendação de compra. Num cenário de compra, a acção pode valer 21,7 euros.A ‘performance’ do Banif acabou por contagiar o Finibanco de Costa Leite que também atingiu máximos históricos a 10 de Outubro. O banco subiu até aos 2,24 euros e, entretanto, deslizou para os 1,94, uma subida de 64,4% em 2005. O presidente da instituição acredita que a subida da cotação está directamente relacionada com os bons fundamentais do banco (Diário Económico)

 

RELATÓRIO SOBRE O GOVERNO DA SOCIEDADE

Terça-feira, Dezembro 31st, 2002

Citamos

Relatorio_Governo_Sociedade_Banif_SGPS_2002

Banco Internacional do Funchal transformado em Banif SGPS

Quinta-feira, Janeiro 3rd, 2002

Citamos

Banco Internacional do Funchal CMVM